11 fevereiro, 2007

Dicas para os donos

A primeira coisa que notamos quando trazemos um porquinho para casa é que eles são muito assustadiços, fogem de nós, muitas vezes não querem estar no nosso colo... Temos de compreender que estes animais no seu estado selvagem, têm como predadores aves de rapina e outros animais, pelo que tudo o que se mexe e vem de lá de cima, pode ser um potencial caçador. Ainda que hoje em dia sejam animais de cativeiro, o seu instinto de fuga permanece. Claro que com o tempo e dedicação vão-se tornando menos medrosos, mais destemidos e confiantes.

Estas dicas foram as que eu usei para conseguir ganhar a confiança dos meus.
Tive resultados mais rápidos com o Cuí, porque era "filho único" e tive oportunidade de passar muito tempo com ele numa fase inicial. O Y-toy ainda está a desabrochar, mas vai no bom caminho :D

1. Deixar o porquinho sair sozinho da gaiola.
A casa do porquinho é o seu porto seguro. Ele tem de saber para onde pode correr se se sentir em perigo. Muitas vezes eles voltam à gaiola para fazerem as suas necessidades em vez de fazerem pelo caminho.

2. Deixar o porquinho explorar o espaço.
Deixe-o sair da gaiola e afaste-se para que ele se sinta à vontade. Depois experimente aproximar-se e sente-se no chão para que seja ele a ter a iniciativa.
Também é bom para eles poderem sair da gaiola, e assim exercitarem-se um pouco.

3. Usar a comida como incentivo
Este é o truque melhor. Inicialmente podem parecer relutantes em aceitar a comida. Não insista. Se ele não quiser comer da mão pouse a comida. Com o tempo ele vai lá.

4. Usar a comida como isco
Quando o porquinho já começa a ficar mais confiante, já conseguimos atrai-lo com comida para o nosso colo de forma a que ele fique lá.
O Y-toy já se atreve a vir buscar a comida ao pé de mim, embora por vezes se afaste um bocadinho.

5. Colo e festinhas
Cada porquinho tem a sua personalidade. Haverá porquinhos que logo vão gostar de colo e festas e outros que vão aprender a gostar.
O Y-toy é um caso desses. Em pequenino nunca ficava quieto no colo. Nunca deixava dar festas na cabeça dentro da gaiola. Mas aos poucos já me vai deixando e já começa a fechar os olhos.
O Caso do Cuí, é especial. Ele detesta ser pegado, mas adora festinhas :P Espreguiça-se logo e boceja!

6. Associar uma acção a um som.
Toda a gente sabe que se mexer num saco tem logo os porquinhos alerta e a guinchar. Leve isso mais longe e associe sempre a mesma acção a um som.
Cá em casa é certo: "papinha? pipipipi?" E eles ficam logo alertas!
Crie rituais, sempre que der comida faça um som, diga uma palavra, mas sempre a mesma.
O Cuí vai sozinho à cozinha e já sabe onde é o frigorífico. Também responde pelo nome.

7. Mantas e cobertores. Toalhas e alcofas.
Dê-lhe uma manta, ou uma alcofa. Deixe-o brincar no seu robe.
Os meus dois deliram quando têm um bocado de pano quentinho. O Cuí adorava meter-se pelo meu robe dentro e o Y-toy também não foi excepção. Experimente!

Estas foram as dicas que me lembrei para já. Isto funciona com tempo, com paciência. Não esperem resultados imediatos.

Se mais alguém tiver boas ideias diga ;)

8 comentários:

Freira_Erótica disse...

Martinha, vou usar as tuas dias :D especialmentea comida como isco e a exploração!
A nany nao é muito timida em relação aos meus outros porquinhos, mas kary é uma medricas Lol foge sempre! :( Vou usar as tua tecnicas!**
Cátia

Kalikas disse...

Dicas indispensáveis para garantir a felicidade, confiança, segurança e saúde dos nossos porquinhos :)
Bjs****

Miclas disse...

Usei as tuas dicas e resoltaram o meu Speedy já confia em mim e antes ele fugia mas agora ele vem ter comigo e nunca rejeita mimos.

*mf* disse...

Olá Miclas,

Obrigada por deixares aqui o teu comentário, fico contente por ter resultado :D

Agora a ver se as uso eu no Y_toy, lol

Bia disse...

Olaa as tuas dicass foram muito esplicitas muito . obrigo gostava de saberuma coisa Eu em breve vou comprar um porquinho da india ... podes me dizer quanto custa o feno ?

e ja agora tambem me podes dizer qual deles é o mais docil ? macho ou femea?

**mf** disse...

Oi Bia,

O preço do feno varia consoante o tamanho do saco, e a loja. Eu costumo comprar da marca Versele Laga. A média do preço será de 4 a 5eur.

Neste momento tenho 2 fêmeas, e acho que nao há diferenças na docilidade, acho que depende da personalidade dos porquinhos. Os meus 2 meninos eram uns queridos. Machos ou fêmeas, são todos adoráveis.

E o ideal é um par do mesmo sexo: 2 machos ou 2 fêmeas.

Mais alguma questão, poes enviar-me um email para:
martaldf@gmail.com

Obrigada.

Bia disse...

Obrigado eu ... eu comprei uma femea a pouco tempo e ela ainda esta com medo ... Tenho medo se pegar nela PORQUE PENSO QUE LHE ESTOU A ELEIJAR .... será que tens alguma tecnica para me passer este medo ? ... Obrigado por me tares a esclarecer todas as duvidas :D

**mf** disse...

Olá Bia.

Sim, eles são muito medrosos, é preciso muita paciência.

Eu sei que é difícil pegar neles porque fogem muito e por vezes apertamos um bocadinho... mas se a magoares mesmo ela guincha :P e acho que não será o caso.

A maneira correcta para pegar é colocar uma mão por cima do dorso e outra por baixo...quando a levantares ampara-lhe o rabiosque.

Mais alguma questão, por favor envia-me um email para:
martaldf@gmail.com